in

Começa a adesão ao saque-aniversário do FGTS: veja como funciona e entenda se vale a pena:

PUBLICIDADE

Quem trabalha de carteira assinada tem direito a um fundo de garantia por tempo de serviço, o famoso FGTS. Como as regras estão mudando, muita gente vem passando por dúvidas, afinal, o novo plano de saque-aniversario vale a pena? Como ele vai funcionar? Quando posso aderir? Vamos, então, responder a essas perguntas de forma simples.

Para começar, vamos informar que sim, o saque-aniversario já está valendo e você, trabalhador, já pode fazer sua adesão e passar a utilizar as novas regras para o saque do FGTS se essa for a sua escolha.

Para fazer a adesão, o titular deverá comparecer a uma agência da Caixa Econômica com seus documentos ou, se preferir, poderá realizar o procedimento sem sair de casa através do aplicativo do FGTS, que está disponível nas plataformas Android e IOS.

Entenda como funciona o saque-aniversario:

A nova modalidade do FGTS tem como objetivo ajudar o trabalhador a diminuir a burocracia, bem como o tempo de espera para o recebimento do seu benefício. Quem decidir aderir vai poder ter um sistema controlado de saques com data marcada.

O programa foi chamado de saque-aniversário pois tem como data base para os saques justamente o aniversário do titular, ou seja, ao se cadastrar, o trabalhador vai ter direito a fazer um saque por ano no mês do seu aniversário sempre recebendo uma parte dos seus valores de FGTS.

Vale lembrar que, quem aderir ao novo plano de saque, vai abrir mão dos direitos de receber o FGTS em caso de demissão sem justa causa e vai passar a receber apenas uma multa de 40% do valor total do fundo.

PUBLICIDADE

Outras formas de saque:

Embora o saque-aniversário torne possível o saque na data especifica do mês de aniversário, isso não significa que o trabalhador vá perder o direito de fazer seus saques em outras modalidades que já existem em lei.

O trabalhador pode, por exemplo, usar seus valores de saque para compras de imóveis através de consórcios que podem ser feitos na Caixa Econômica federal sem que isso interfira no seu novo modelo de saque.

Existe, ainda, a possibilidade de saque total dos valores do FGTS para trabalhadores que, em algum momento, forem acometidos por uma doença rara enquanto ou em decorrência do seu trabalho.

O trabalhador que estiver interessado em saber seu saldo do FGTS pode fazer isso através do site oficial clicando aqui ou através do aplicativo do FGTS no Smartphone.

Mas afinal, vale a pena?

Os analistas concluem que isso pode depender muito de cada situação, portanto, antes de fazer sua adesão, é importante entender os riscos envolvidos na hora de tomar essa decisão.

Se você mantém o mesmo emprego há muito tempo, então tem um saldo total grande. Nesse caso, não vale a pena sacar um valor pequeno e perder o direito de recebimento dos valores em caso de demissão.

Por outro lado, para quem é novo no emprego, pode ser uma boa oportunidade para sacar uma porcentagem maior do FGTS e conseguir colocar as contas em dia com maior facilidade.

PUBLICIDADE

2 Comentários

Escrever um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *