PUBLICIDADE
in

INSS 2021: Saiba como solicitar o seu auxílio-doença sem perícia média de forma online

PUBLICIDADE

Se você está na luta para se afastar do trabalho por motivo de doença, este texto é para você! Pois recentemente foi divulgada uma nova lei que permite que até o dia 31 de dezembro de 2021, seja possível solicitar o auxílio-doença sem passar pela perícia.

PUBLICIDADE

Qualquer pessoa que já tenha passado por isso, sabe que costuma ser um processo cansativo e lento, com inúmeras perícias realizadas e também com muitas recusas. Mas com a Lei 14.131/21, o trabalhador poderá enviar toda a documentação que comprove a sua doença pelo celular para o INSS, sem passar por uma consulta presencial. 

Essa mudança facilitará muito a vida de quem está doente e diminuirá consideravelmente a fila de pessoas aguardando o benefício, que hoje já soma quase 600 mil brasileiros. Assim, a expectativa é que pessoas que estavam há meses na espera, possam ter logo o seu benefício.

Como funcionará o processo de solicitação do auxílio-doença?

O presidente Jair Bolsonaro anunciou essa nova medida, essencialmente, devido à pandemia do novo coronavírus, em decorrência de não-abrimento das agências do INSS no período de isolamento social, pela redução do número de médicos peritos atuando e também para os casos em que o agendamento para atendimento presencial seja maior que 60 dias. 

Para fazer o pedido do benefício, o requerente deve estar incapacitado de trabalhar há mais de 15 dias, estar na qualidade de segurado e cumprir o tempo de carência.

O processo passa a ser feito todo online, através do aplicativo Meu INSS, e os documentos necessários são os seguintes: atestado médico, exames e outros documentos que comprovem que o beneficiado não está apto a trabalhar.

Após o envio destes, o médico perito do INSS fará a avaliação se o requerente atende aos critérios exigidos. 

PUBLICIDADE

Em detalhes, a documentação necessária é a seguinte:

Prontuário médico, relatórios que indiquem a data de início da doença, exames, claro, e o laudo médico e o número do CID da doença em questão, com o tempo em que o trabalhador deverá ficar afastado. 

As agências do INSS foram fechadas no ano passado devido à pandemia do novo coronavírus, e na época, era pago um adiantamento no valor de um salário mínimo no momento em que o trabalhador entregava os documentos. Entretanto, com a nova medida em vigência, o valor será pago de maneira integral, até o dia 31 de dezembro de 2021.

PUBLICIDADE

Quanto tempo irá durar o auxílio?

No caso de o pedido ser concedido, o segurado poderá usufruir do auxílio-doença pelo período de 90 dias. Se precisar da renovação do benefício, deverá solicitá-lo novamente pelo aplicativo. 

Lista VIP

Inscreva-se para receber nosso conteúdo exclusivo por e-mail

Você foi inscrito com sucesso.

Por favor, verifique se seu e-mail está correto.

PUBLICIDADE