PUBLICIDADE
in

Score de crédito do Serasa: Confira quais são os novos critérios!

PUBLICIDADE

O Serasa anunciou recentemente que o método de cálculo do score sofrerá algumas mudanças no modo como o score, aquela famosa pontuação que avalia o crédito das pessoas, será contabilizado. 

PUBLICIDADE

Nós sabemos que manter o pagamento das contas em dia, ou realizar pagamentos adiantados, são pontos importantes para que as pessoas mantenham um bom score. 

Pontuação do score

Serasa libera consulta gratuita ao score; confira a pontuação do seu CPF

Deixar contas atrasadas ou deixar de pagá-las acaba diminuindo consideravelmente a pontuação do Serasa, isso porque este comportamento demonstra que a pessoa não possui um hábito financeiro tão saudável. 

Conforme os hábitos financeiros são considerados bons, como quando as pessoas pagam as contas dentro do prazo, o score vai subindo. 

Deste modo, podemos concluir que o score funciona como um termômetro que indica o quão bom pagador a pessoa é ou não. 

A pontuação varia entre  0 e 1000, sendo que quanto maior for a sua pontuação maiores são as suas chances de conseguir um bom cartão de crédito, por exemplo, ou um empréstimo. 

Mas, o Serasa anunciou recentemente que algumas mudanças no modo como o score é calculado serão feitas, tendo lançado o Serasa 2.0. do qual falaremos melhor a seguir, confira: 

PUBLICIDADE

Quais serão as mudanças?

Atualmente uma das coisas que mais fazem o score sofrer mudança é o endividamento, ou seja, estar com o nome sujo. Mas com o novo modelo isso deixa de ser tão importante, sendo mais valorizados os hábitos financeiros do cidadão a longo prazo. 

Ou seja, serão priorizados os hábitos como o pagamento das contas em dia na hora de calcular a pontuação do Serasa. 

Isso significa que, ainda que a pessoa possua dívidas atualmente, o seu score pode não ter uma baixa tão significativa, desde que ela tenha cultivado bons hábitos financeiros anteriormente. 

PUBLICIDADE

Cálculo do score

De acordo com a empresa, o Serasa Score 2.0 passa a ser calculado por meio de inteligência artificial. Confira a seguir quais serão os critérios e peso na hora de avaliar a pontuação: 

  • Peso do pagamento de crédito: 43,6%;
  • Peso da consulta para serviço e crédito/comportamento de consultas: 19,3%;
  • Peso do histórico de dívidas: 13,7%;
  • Peso do tempo de uso do crédito: 10,1%;
  • Peso do crédito contratado: 7,9%;
  • Peso do Pagamento de dívidas: 5,5%;

Nos cálculos que eram feitos anteriormente os pesos eram os seguintes:  

  • Peso do histórico de dívidas: 30,2%;
  • Peso do pagamento de dívidas: 26,4%;
  • Peso da consulta para serviço e crédito/comportamento de consultas: 17,4%;
  • Peso do pagamento de crédito: 13,9%;
  • Peso do tempo de uso: 8,4%;
  • Peso do Crédito contratado: 3,6%. 

Você pode se interessar por: FGTS: Como utilizá-lo na compra de um imóvel?

Lista VIP

Inscreva-se para receber nosso conteúdo exclusivo por e-mail

Você foi inscrito com sucesso.

Por favor, verifique se seu e-mail está correto.

PUBLICIDADE