PUBLICIDADE
in

Valor para saque do FGTS aumenta para R$998 e irá beneficiar mais de 10 milhões de pessoas

Final de ano chegando e as pessoas estão desesperadas atrás de um dinheirinho extra que possa salvá-las das dívidas que estão consumindo até suas entranhas, temos uma boa notícia para você.

PUBLICIDADE

No dia último dia 12 de dezembro, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que será liberado até o Natal o saque de até 998 reais, sendo 398 reais a mais do que liberado anteriormente, fato que beneficiará cerca de 10 milhões de trabalhadores.  

Foi aprovada, no Congresso, uma medida provisória que libera o saque do FGTS, tendo mudanças em relação ao texto original proposto pelo atual presidente da república Jair Messias Bolsonaro. 

A grande alteração está relacionada com o valor que poderia ser retirado por pessoas que recebem até um salário mínimo, invés de poderem retirar até 500 reais, como foi proposto em julho, agora será possível retirar o valor integral. 

As pessoas que já retiraram os 500 reais, não precisam se preocupar, pois poderão sacar o restante do valor disponível. 

Guimarães comentou sobre já estarem preparados para fazer essa alteração e beneficiar mais a população e a economia, dando a possibilidade de realizar o pagamento antes do Natal.

Para que você possa sacar o seu saldo do FGTS é necessário que cumpra alguns pré requisitos:

  • Demissão sem justa causa, pelo empregador;
  • Término do contrato por prazo determinado;
  • Rescisão por falência, falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou nulidade do contrato;
  • Rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
  • Dentre outros;

Como sacar o FGTS?

Primeiramente é necessário separar a documentação necessária, como carteira de trabalho e número da inscrição no PIS, PASEP, NIT ou NIS. Conferir a solicitação de saque na Caixa, sendo a solicitação feita pelo empregador ou trabalhador. 

PUBLICIDADE

Os saques de valor inferior a 1500 reais podem ser feitos nas unidades lotéricas, já os demais valores devem ser realizados nas agências Caixa.

PUBLICIDADE